Entusiasmo e perda

Aos leitores do blog TechnewsBR:

Estivemos ausentes por muito tempo na atualização do blog, reconheço. Parte disso foi desgaste natural, pois gerar conteúdo consome tempo e além disso é necessária uma disposição que não temos tido para manter um blog de novidades de TI, o que nos obriga a manter uma atualização quase diária.

Esse entusiasmo vinha se recuperando pouco tempo atrás e eu mesmo estava pensando em que coisas novas que gostaria de implementar. Mesmo assim a geração de conteúdo diário nunca me agradou, pois gosto de elaborar mais e tentar apresentar um trabalho mais completo. Outros autores nos ajudaram, como David e Norton, mas apenas eu e Washington nos mantivemos constantes todo o tempo, afinal a ideia original era dele e eu a fiz virar realidade, construindo, administrando e promovendo o blog.

Infelizmente, no ano passado, o meu parceiro Washington faleceu. De todos os contribuintes do blog, Washington era o que mais seguia a linha de posts diários, curtos e mais antenados com as novidades e com as expectativas dos leitores. Eu mesmo passei a adotar essa prática em vista dos melhores resultados junto à audiência. Sem ele, o entusiasmo em manter este blog decaiu novamente, pois agora estou sozinho.

Não sei se voltarei a postar novamente aqui. Porém, vou manter o blog no ar em vista dos acessos diários que ele ainda possui.

Sem mais por enquanto.

Drumpants: Vista, use e toque seus instrumentos preferidos

Drum Pants

Quem nunca se pegou batucando nas próprias pernas ao som de uma música que gosta? E fingir tocar guitarra ao som de um solo?

Com essa ideia simples na cabeça o inventor Tyler Freeman está por trás da DrumPants, um projeto no Kickstarter que espera angariar apoio financeiro suficiente das massas antes que possa ser percebido como um produto real.

O Drumpants será composto de faixas de tecidos com meia dúzia de sensores de velocidade que podem ser usados sob as roupas e presos com velcro. Ligados a um computador Arduino que você pode configurar via app para Android ou iOS via Bluetooth ou via USB para o PC.

Com o Drumpants, você será capaz de tocar mais de 100 instrumentos diferentes, desde percussão, sintetizadores, guitarras ou pianos, ou até mesmo ser capaz de fazer suas próprias músicas . Além disso, você também poderá ser capaz de programar ações extras para controlar apresentações de slides, silenciar o seu telefone, e controlar sites como Netflix ou Youtube, com mais de um simples toque.

Divirta-se e carregue os seus instrumentos musicais no próprio corpo.

Via: Kickstarter.

Washington Luiz

Google começa a investir na criação de robôs. Será o começo da Skynet?

terminator A Google, como todos sabem é uma empresa de tecnologia que está sempre ampliando o seu leque de novas possibilidades e produtos. Mas parece que isso não é suficiente, pois a empresa que está também criando computadores quânticos com inteligência artificial avançada e óculos inteligentes. Para completar, durante a última metade do ano, calmamente adquiriu oito empresas de tecnologia (Schaft, Redwood Robotics, Rethink Robotics, Industrial Perception, Holomni, Meka, Autofuss e Bot & Dolly) em um esforço para criar uma nova geração de robôs. A mais recente aquisição foi a Boston Dynamics que tem contratos com o exercito americano os quais a Google se comprometeu em manter.

bg-no-inc-for-english
Robô Bípede da Japonesa Schaft, especializada em pernas mecanizadas

Olhando por esse ângulo, parece que a escolha do nome Android para o seu sistema operacional não foi tão aleatória assim e, além disso, foi escolhido o ex-chefe da área que construiu o software Android, Andy Rubin para o comando da nova divisão de robótica da empresa, no início deste ano o Google contratou o especialista em aprendizagem de máquinas Geoffrey Hinton, e no ano passado trouxe o famoso inventor Raymond Kurzweil a bordo.

A empresa está de boca fechada sobre os seus planos específicos (como sempre!), mas a escala dos investimentos indica que este não é apenas um projeto para feira de ciências.

meka-ut-dreamer-2-970x0
Cabeça do Robô Meka S2 da empresa de mesmo nome adquirida pela Google.

Mas empregadas domésticas robôs não são exatamente o que a divisão de Rubin está trabalhando ainda, provavelmente o foco inicial da área seria montagem de equipamentos eletrônicos (que é em grande parte manual) ou automatização de partes de cadeia de suprimentos com plantas baixas projetadas para lidar com carrinhos e empilhadeiras, e sistemas de rastreamento sofisticados utilizando tecnologias de RFID e código de barras. Estes ambientes estão maduros para automação com sistemas robóticos e a Google recentemente começou a experimentar entrega de pacotes em áreas urbanas com seu serviço de compras do Google, e que poderia tentar automatizar porções desse sistema. O serviço de compras, disponível em alguns locais como San Francisco, já está fazendo entregas ao domicílio para empresas como Target, Walgreens e American Eagle Outfitters .

Boston-Dynamics-WildCat-robot-gallops-and-bounds-e1381075545290-650x381
Robô WildCat da Boston Dynamics corre mais rápido que Usain Bolt

As empresas adquiridas detêm tecnologias variadas, tais como braços robóticos, sistemas refrigerados a água, robôs bípedes ou quadrúpedes, pernas mecanizadas, utilização de câmeras, sensores visuais e em 3D, etc. A Divisão de robótica da Google será inicialmente baseado em Palo Alto – Califórnia, com um escritório no Japão. Além das aquisições, o Sr. Rubin começou a contratação de especialistas em robótica e está trazendo outros programadores do Google para ajudar no projeto.

botdolly-scout-625x625
Câmera Robô da Bot&Dolly, empresa também adquirida pela Google

Para você que acredita em teorias de conspiração, o fato da Google entrar na área de robótica robô só confirma a suposição que o Google é, na verdade, a Skynet que voltou ao passado para garantir sua própria criação.

Via: The New York Times.

Washington Luiz

Pular para a barra de ferramentas